Katia Cavalcante

Professores não têm muito que comemorar na celebração do Dia do Mestre

Respeito, valorização, reconhecimento. Nas décadas passadas era dessa maneira que os professores eram tratados. Uma das profissões escolhidas pelos pais para suas filhas era profissão de professora. Todos tinham orgulho de ter uma na família. Sem contar que o salário era compensador e os professores totalmente valorizados. Eles eram a peça chave do conhecimento para uma comunidade que os recebia com alegria e desejo de aprender. As escolas faziam o seu papel de abraçar o professor, lhe dando espaço para a formação dos alunos dentro da ética, da responsabilidade e da confiança. Não faltava respeito e nem mesmo fraternidade com cada um. Existia uma educação de qualidade. Os pais acompanhavam o desenvolvimento dos seus filhos e havia imposição de limites. A família era o elo junto à escola. Com o passar dos anos veio à modernidade e os papéis se inverteram na sociedade. Os pais transferiram as responsabilidades dos filhos para a escola. E, a partir daí, começamos a viver o caos na educação.

Leia mais...

 

Projeto de Carlão Chambarelli inclui Folia de Reis no Patrimônio Imaterial de Nova Iguaçu

Uma tradição que permanece viva de geração em geração nas danças, nos uniformes coloridos, na batida dos instrumentos, na rima das cantorias, nos costumes, e principalmente na fé de cada integrante da Folia de Reis. A celebração é católica de origem portuguesa é composta por personagens como o palhaço, o folião e o mestre. A sua chegada no Brasil, foi no século XIX, ganhando força ao se misturar com a cultura africana em estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Goiás. Vários integrantes costumam reproduzir em forma simbólica a viagem dos três reis magos do Oriente a Belém onde nasceu o menino Jesus.

Leia mais...

 

Palestra de Cláudio Ciani orienta estudantes para o mercado de trabalho no campo da medicina

Um palco para a realidade de uma profissão importante para a humanidade, a medicina. Que vem evoluindo com pesquisas e tratamentos e com ajuda da tecnologia grandes descobertas vem acontecendo nesta área. O estudo não fica apenas durante a faculdade, porém durante toda a jornada é importante a leitura, o conhecimento, e o amor pela medicina que têm que andar lado a lado com estes profissionais. Não basta apenas a graduação, esta profissão requer cada vez mais investimento na formação, especialização ou residência médica também dando continuidade para o mercado de trabalho caso queira ser bem sucedido é necessário investir em um curso de mestrado, doutorado ou até mesmo uma especialização no exterior.

Leia mais...

 

Professor universitário destaca importância do CL como fonte de pesquisa histórica

Uma continuação de várias gerações e o crescimento de uma cidade nas indústrias, no comércio e na cultura resumido nas palavras dedicado a população iguaçuana. O Correio da Lavoura está completando cem anos de existência e é um patrimônio público de Nova Iguaçu. De geração em geração a sociedade iguaçuana tem um pouco da sua história nas páginas deste jornal que marcou a vida de pessoas que contribuíram para o desenvolvimento de Nova Iguaçu. O CL tem um papel importante para o seu público instruindo e informando a população os acontecimentos que ocorre no dia-a-dia da economia, política, educação e cultura da cidade.

Leia mais...

 

Direitos Humanos é tema de intenso debate em 1º seminário realizado na UNIG

A Universidade Iguaçu (UNIG) abriu as portas e realizou o 1º Seminário em Direitos Humanos nos dias 15 e 16 de agosto de 2017. O Seminário contou com a Defensoria Pública e Movimentos Sociais. O objetivo foi reunir pesquisadores, estudiosos, movimentos sociais, agentes e gestores públicos para uma discussão sobre questões sociais importantes na Segurança Pública e a cidadania. Saúde, Educação, Mobilidade Urbana foi um dos temas discutidos no segundo dia do Seminário.  Também foi falado sobre o acesso à justiça e resolução de conflitos, tentando buscar a satisfação de interesses e mecanismos de efetivação de direitos na Baixada Fluminense, porque vive uma realidade carente na garantia de direitos básicos e fundamentais. O Seminário proporcionou à comunidade acadêmica a oportunidade de dialogar por meio de debates e apresentação de resumos expandidos e pôsteres.

Leia mais...

 

Criminalidade jamais será debelada se for encarada apenas como um caso de Polícia

Nova Iguaçu pede socorro! O desespero, a insegurança tomou conta da cidade. A população iguaçuana não suporta mais os assaltos que vem acontecendo todos os dias. Furtos de veículos, pedestres são assaltados a qualquer momento. As pessoas não têm o direito de ir vir. A Baixada está vivendo o caos com a violência. As pessoas pedem mais segurança Pública para a cidade. Os bandidos estão nas ruas acionando o terror e enclausurando a população dentro duas suas residências. O que fazer? Mesmo com o exército nas ruas a violência irá diminuir?Esta pergunta está na boca de cada cidadão iguaçuno e também dos cariocas que não têm tido paz por causa da violência. A população quer segurança. Na edição do dia 5 de agosto o CL publicou sobre os deputados da Baixada que foram cobrar mais segurança ao Ministro da Defesa Raul Jungmann. Nesta edição resolvemos dar continuidade a esta pauta para que os nossos leitores fiquem mais informados.

Leia mais...

 

Centro Bom Samaritano reflete em Nova Iguaçu dificuldades de idosos internados em asilo

Solidariedade, compreensão, amor e carinho são primordiais para as pessoas idosas principalmente aquelas que são deixadas em um asilo. A maioria delas passa por um processo doloroso quando são esquecidas pelos familiares. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 40 anos, a população idosa vai triplicar no País e passará de 19,6% milhões (10% da população brasileira),em 2010, para 66,5 milhões de pessoas, em 2050(29,3%).Daqui a 14 anos,os idosos chegarão a 41,5 milhões (18% da população). São aproximadamente 218 asilos públicos no país para receber mais de 20 milhões de idosos. Em Nova Iguaçu não é diferente. São poucos asilos públicos para a quantidade de idosos na Baixada. O Centro Bom Samaritano, no bairro Califórnia, vem passando por dificuldades financeiras e a falta de alimentos.

Leia mais...

 

Editorial

É tempo de sonhar e realizar!

Não adianta apenas pensar é momento de realizar. Quando lançamos a semente, esperamos que a partir dali nasça um fruto saudável e pronto a nos alimentar.
Sabemos que a vida é feita de sonhos, conquistas e realizações. Quero dizer que estou realizando um pedacinho do meu sonho! Estou convidando a todos vocês a fazerem parte dessa realização que é a estréia deste site
knoticiasonline.com.br  Estarei falando sobre vários assuntos como, beleza, cultura, entretenimento, política, esporte (com a coluna Batons e Apitos) e economia.
Aqui vocês encontram reportagens, artigos, entrevistas... matérias atrativas que farão parte do seu dia a dia.
Tenho agradecido a Deus todos os dias pelas bênçãos recebidas. E, gostaria de agradecer toda equipe da agência G4 Vision, esta família de profissionais da qual eu faço parte. Muito obrigada!!!

Editora Kátia Cavalcante

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 58 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 100913
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.