Conselho Comunitário se reúne para discutir os dilemas da Segurança Publica em Nova Iguaçu

Um encontro com perguntas e respostas. No dia 23 de fevereiro, às 9 horas da manhã, foi realizado o segundo encontro do ano pelo Conselho Comunitário de Segurança de Nova Iguaçu (CCSNI) no auditório da Sincovani. A reunião foi aberta pelo presidente da casa Uélinton Pessanha Carvalho, e contou com a presença do Comandante do 20º do Batalhão da Policia Militar de Mesquita, Tenente-Coronel Chistiano Roberto Dantas, o delegado assistente da 52ª DP, Pedro Rangel, o secretário de Assuntos Estratégicos e vice-presidente do Conselho Municipal de Segurança e Direitos Humanos de Nova Iguaçu (Conseg), Marcelo Lessa, do inspetor da 58ª DP, Renato Bitencourt, do presidente do Conseg, Jayme Soares e o secretario do Conselho Comunitário de Segurança Moacir Pinheiro. Participaram do evento, empresários, associações de moradores, cidadãos (ãs) iguaçuanas.

O encontro serviu para que sociedade civil saiba como está sendo feito o trabalho da segurança pública em sua cidade. Segundo o Tenente-Coronel Dantas, a importância da sociedade neste encontro é fundamental. “È importante que as lideranças dos bairros visitem o BPM. Tem sido prazeroso comandar o 20º Batalhão, pois a sociedade é participativa. Precisamos trazer uma segurança para o Calçadão. É importante esta parceria no ordenamento urbano. O município merece uma guarda municipal. Estou à disposição e espero contar com as pessoas. Toda terceira terça-feira de cada mês tem o café da manhã comunitário,sempre às 9h,na sede do Batalhão”,falou o Tenente Coronel Dantas. Algumas pessoas reivindicaram sobre a segurança pública. “Estou reivindicando um sinal no Trevo de Três Corações e também cobrando pela guarda civil na cidade. Precisamos de mais segurança.”,disse o presidente da Associação de Bairros de Três Corações, Cota. O secretário de Assuntos Estratégicos, Marcelo Lessa, comentou que são interessantes as reivindicações das pessoas pela segurança pública. “Projetos como o Centro de Operações, que vai instalar mais de 70 câmeras de monitoramento em Nova Iguaçu, tiveram influência das reuniões do Conselho pelas denúncias colocadas na pauta em paralelo com a mancha criminal da cidade”,disse Lessa. O delegado assistente da 52ª DP, Pedro Rangel, ressaltou que para combater os assaltos tem fazer o registro de ocorrência. A participação da sociedade é importante para realização deste encontro. “A cidade precisa de guarda municipal fazendo parcerias com a policia militar. O empresariado tem que ajudar a policia e não esperar do Estado”,comentou o cirurgião- dentista Cristiano.

 

No final de 2015,algumas lojas do centro de Nova Iguaçu foram arrombadas incluindo algumas agências bancárias . "A polícia não tem bola de cristal. Tem que ser feito um Boletim de Ocorrência (BO), se não a cidade vira uma bagunça. As polícias militar e civil fazem milagre com o contingente que possuem. A população tem que participar e colaborar com a polícia. Nada é em vão. Agradeço ao Tenente-Coronel Dantas por estar levando nosso município a sério com cuidado e zelo. Deus nos abençõe",concluiu o presidente do Sincovani, Uéliton Pessanha de Carvalho.

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 87 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83415
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.