Sinalização precária agrava ainda mais o caótico trânsito iguaçuano

Sinal que não funciona, carros buzinando, pedestres atravessando na frente dos carros sem nenhuma segurança. O caos vem tomando conta do trânsito na cidade de Nova Iguaçu. Nos cruzamentos e nas vias da cidade é possível encontrar sinal (semáforo) de trânsito sem funcionar. Alguns funcionam precariamente deixando os motoristas de ônibus, carros de passeio, taxistas,motociclistas, caminhões entre outros veículos preocupados pela falta da sinalização. O trânsito piora a cada dia. A falta de manutenção nos semáforos vem atrapalhando o fluxo correr normalmente na cidade. No ano passado (22 de março) foi inaugurado O Centro de Operações de Nova Iguaçu (Conig), responsável pelo monitoramento das vias públicas e o trânsito. Entretanto, eram 76 câmeras espalhadas pelas vias e ruas de Nova Iguaçu.

Segundo a Conig, somente 28 das 76 câmeras estão em funcionamento. O trabalho encontra-se praticamente parado. A maioria dos semáforos funciona precariamente, principalmente o sinal que indica se está livre ou não para o pedestre atravessar. Os motoristas devem ficar sempre atentos. A reportagem do CL foi às ruas e entrevistou alguns motoristas e pedestres com a seguinte pergunta: O que acha do sinal sinalização do trânsito em Nova Iguaçu? “Aproximadamente há três anos aqui na Via Light não funciona o marcador (sinal) que indica a travessia do pedestre. Eu trabalho aqui neste período e nunca vi nenhuma pessoa fiscalizando ou consertando o sinal”,disse um vendedor ambulante que não quis se identificar. A falta de manutenção nos semáforos vem afetando a maioria dos motoristas principalmente a categoria dos taxistas. “Tem uns sinais que deveriam se modernizar e trocados por outros novos. Falta manutenção e fiscalização. Em alguns cruzamentos os sinais confundem porque a iluminação está fraca. Por isso, não sabemos se está aberto ou fechado. Poderiam trocar os semáforos e colocar aqueles com números porque controla o tempo do motorista e do pedestre. É sempre a mesma coisa. Entra prefeito e sai prefeito e nada acontece. Só ouvimos promessas!”,comentou Edgar Gomes,taxista. As reclamações são sinal queimado ou piscando deixando os motoristas em alerta! “Em vários cruzamentos do centro de Nova Iguaçu, encontramos sinais de trânsito queimados ou piscando em amarelo, o que faz da vida do pedestre e do motorista uma verdadeira aventura para sua travessia. Por absoluto descaso da prefeitura, desde a gestão passada, sofremos com esse tipo de coisa. E o drama não fica só pelas ruas do centro. A Via Light, que é uma rodovia que corta quatro cidades, tem em sua passagem pelo centro de Nova Iguaçu, problemas graves com sinais de pedestres, que em alguns cruzamentos com na Av. Nilo Peçanha,simplesmente não funciona”, disse Ricardo Viana Doria, taxista. Segundo ele, o risco de acidentes e atropelamentos é muito alto e não há medidas para melhorar esta falha na mobilidade urbana. “Em Comendador Soares, o sinal situado em frente à estação da linha férrea está queimado a mais de um ano. Os pedestres tem que atravessar a Rua Lafaiete Pimenta,quase sempre correndo. Em Austin,no centro comercial próximo à cancela também há problemas com os sinais,necessitando de um pouco mais de atenção do poder público. Do jeito que está, o pior não acontece por milagre!!!”, concluiu Ricardo, taxista.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 36 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83365
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.