Autoridades se reúnem na CDL para discutir inclusão social

Um encontro marcado com debates e bons resultados para a população de rua. No dia 1 de setembro, às 14horas, no auditório da Câmara dos Dirigentes e Lojistas de Nova Iguaçu (CDL) foi realizada uma reunião com o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). Estiveram presente  várias entidades e convidados como o Tenente Thiago Moraes, do 20ª BPM, o presidente Geral da APAE,Denison Albino, Dayse Marcelis do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil( PETI), a coordenadora Márcia Morgana e sua equipe do POP, o coordenador do Programa Jovem Aprendiz,Leando Monteiro, entre outros.  A abertura do debate contou a presença de Cristiane Lobo Lamarrão Silva, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social que discutiu sobre o seguinte tema: “Inclusão de populações vulneráveis no mercado de trabalho”.

O objetivo da reunião foi a busca de soluções para a inclusão social e produtiva dos segmentos sociais em vulnerabilidade social na cidade de Nova Iguaçu. “Elegemos três segmentos: pessoas com deficiência, população em situação de rua, e jovens que cumprem medida sócio-educativa. Convidamos todas as associações dos empresários, da indústria e do comércio. As empresas que fazem parte do sistema S (Sesi, Senai, e Senac), o Ministério do Trabalho, Secretaria do Trabalho, Conselho Tutelar da Criança e do adolescente. Mas infelizmente nenhuma dessas entidades compareceram. Talvez nós tenhamos que ir ao espaço deles.”,disse Cristiane. Segundo ela, essa reunião foi o primeiro momento. “O que importa que a gente faça que Nova Iguaçu seja uma cidade diferente. No dia seguinte da reunião uma empresa disponibilizou vagas com um salário de R$ 953,00. Sabemos que é um trabalho de formiguinha e que temos que derrubar as barreiras. Nós que trabalhamos em políticas públicas temos que fazer este trabalho. Não ficamos chateados com não presença dos empresários. Tiramos de positivo com as entidades que estavam presentes. Vários caminhos sugeridos que iremos tentar até chegarmos alcançar os nossos objetivos. Talvez a informação sobre a reunião não chegou de forma adequada. Mas não iremos desistir dessa comunicação com os empresários. Estamos abertos a parcerias. Queremos transformar Nova Iguaçu em uma cidade cidadã que oferece oportunidades às pessoas com situação de vulnerabilidade. Uma das pessoas que estava na reunião sugeriu que entrássemos em contato com o Ministério do Trabalho para promover uma reunião com essas empresas que não cumprem as cotas,o seja, que são as vagas para deficientes e jovem aprendiz. Outra proposta é participar da reunião do Sincovani, proposto pelo próprio Sincovani ainda sem data prevista. Estes são os primeiros passos que vamos dar. Vamos seguindo a espera que outros caminhos surjam.”,concluiu Cristiane Lobo Lamarão Silva,presidente do Conselho Municipal de Assistência Social.

 

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 16 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83299
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.