Contribuintes buscam maior entendimento sobre as novas regras da aposentadoria

Dúvidas e preocupação. Alguns trabalhadores que contribuem para a sua aposentadoria ainda não entenderam as novas regras que começaram a vigorar desde o dia 5 de novembro: a fórmula 85/95 Progressiva. Pela Lei 13.183, para aposentadoria por tempo de contribuição, sancionada pela presidente Dilma Rousseff,a fórmula para entender essa nova modalidade é que o trabalhador irá somar o número de pontos alcançados, somando a idade e o tempo de contribuição do assegurado. A partir do momento em que o trabalhador alcançar os pontos necessários, será possível receber o benefício integral.

Desta maneira não será necessária a aplicação do fator previdenciário. A reportagem do CL foi entrevistar o Dr. José Carlos Formiga, advogado que nos explicou sobre a nova modalidade da aposentadoria. "A pessoa que quer se aposentar tem que ir ao INSS pegar um documento chamado Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que irá fazer um levantamento sobre a sua vida junto à Previdência Social. Exemplo: Se não consta uma empresa ela terá que ir ao local para comprovar o vínculo ou até mesmo o recolhimento de carnê. As modalidades de aposentadoria por idade e por tempo de contribuição ainda existem, a única diferença é o famoso 85/95 que não tem o fator previdenciário surgindo este ano. As pessoas confundem que vão receber o valor da aposentadoria de acordo com o último salário, não é bem assim. Tendo em vista que a Previdência Social faz a média dos salários de contribuição desde julho de 1994, desconsiderando desse período 20% dos menores valores de contribuição, ou seja, contam 80% da média dos salários de contribuição corrigidos até a data do requerimento. A modalidade anterior continua com fator previdenciário. Por ser mais uma modalidade ajudou algumas pessoas porque cada caso é um caso.",disse José Carlos Formiga. Segundo ele, a aposentadoria por idade continua a mesma. "A aposentadoria por idade continua a mesma, ou seja:mulher, 60 anos; e homem, 65 anos, sendo que ambos devem ter no mínimo 15 anos por tempo de contribuição",comentou Dr. José Carlos Formiga,advogado. Alguns trabalhadores têm dúvidas com essa nova modalidade na Previdência Social. "A minha dúvida é que eu tenho carteira assinada desde 1982¸e está mudança eu fiquei preocupado. Espero que não venha prejudicar a minha aposentadoria que será em 2017. Acredito que a partir dessa reportagem eu vou conseguir entender melhor essa nova regra da Previdência.",concluiu Evandro N.Paula (Russo), alinhador e direção.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 19 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83302
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.