Fórum Regional de Gestores discute em NI problemas da Segurança na Baixada

Um encontro entre o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, Polícias Civil e Militar, e governos municipais. O Fórum Regional de Gestores sobre a Segurança Pública, aconteceu no dia 15 de dezembro, à 9hs da manhã, no Hotel Mercure, em Nova Iguaçu. O encontro foi dividido em dois horários: manhã e tarde. Segundo Beltrame, a qualidade das investigações e a chegada da Delegacia de Homicídios à região vêm contribuindo pela redução dos índices de homicídios na Baixada. “Soluções além da polícia tem dado resultados muito bons. A participação da sociedade civil organizada tem contribuído para a redução do índice de criminalidade na Baixada. Estamos encerrando o Fórum Regional de Segurança Pública com bons resultados da Baixada e com patamares melhores de segurança. A Baixada puxou o verde para bons resultados. Os resultados obtidos na Baixada melhoraram por causa da participação da Polícia Militar, Policia Civil e da sociedade. Para a realização do Batalhão que está sendo construído depende do governador arrumar a verba. Nós já temos seis mil homens concursados”, disse José Beltrame,secretário de Segurança Pública.

De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), de janeiro a outubro de 2015, em letalidade violenta (somatório de homicídio doloso, roubo seguido de morte, homicídio de intervenção policial e lesão corporal seguida de morte registrou uma redução de 24,4% na Baixada e aumento de 0,7% na Capital,comparado ao período de 2014). Os roubos e veículos caíram 21% e roubas de rua, 23%. Segundo o coronel Roberto de Oliveira, chefe do 3º Comando de Policiamento da Baixada Fluminense (CPA),a região era vista como “o patinho feio” da Segurança Pública,porque estavam sempre no vermelho os indicadores de criminalidade. A situação inverteu o filho feio passou a ser bonito da Segurança Pública no Estado. A Baixada puxa o Estado para o verde com resultados positivos. Tem sido feito um trabalho para dar melhores condições para a sociedade da Baixada. De acordo com o secretário de Governo de Nova Iguaçu, Thiago Portela,a Baixada Fluminense tem apresentado números positivos na Segurança Pública. Os números apresentados por Beltrame,são resultados da parceria entre o prefeito Nelson Bornier e o Governo do Estado. Este ano foram construídas Companhias Destacadas de Polícia Militar nos bairros de Cabuçu e Cerâmica, além de reformas de diversos Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO), todos com recursos da Prefeitura. No mês de janeiro a Prefeitura de Nova Iguaçu estará instalando um centro de operações que vai funcionar com 80 câmeras potentes, monitorando as ruas do Centro e periferia da cidade,durante 24 horas por dia. Beltrame comentou que o Fórum Regional de Gestores começou no ano passado. E também foi realizado no interior do Estado encerrando na Baixada Fluminense com bom resultado. O encerramento do Fórum no horário da tarde contou com a presença de vários segmentos. Delegados da Polícia Civil, Dr. Julio da Silva Filho da 52ª DP, Dr. Jorge Zaha da 56ª DP, Comendador Soares, diretor do Departamento de Policia da Baixada, Dr. Paulo Guimarães,do 3º CPA, Tenente-Coronel Andréa Ferreira,o Coronel Cajueiro do 24º BPM de Queimados, o secretário de Assuntos Estratégicos do Município Marcelo Lessa e o subsecretário Ornison Fernandes. Também o diretor de Planejamento Estratégico da Polícia da Guarda Civil Municipal de São João de Meriti, o cientista político do Instituto de Estudos da Religião André Rodrigues, Leriana Figueiredo, Superintendente de Prevenção  e o Conselheiro Tutelar Cosme,entre outros. Houve debates e sugestões para a melhoria de uma sociedade com mais segurança.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 88 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83416
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.