Central de Monitoramento vai manter a cidade sob vigilância 24 horas

Assaltos no dia-a-dia vêm assustando os moradores de Nova Iguaçu. A criminalidade tem sido um dos fatores que mais tem abalado o comportamento da população iguaçuana. Para melhorar e dar mais segurança aos moradores foi instalado no ano passado 76 postes que darão suporte as câmeras. Um novo momento chegou para Nova Iguaçu: a cidade será monitorada 24 horas pelo Centro de Operação de Nova Iguaçu (CONIG), Central de Monitoramento. A reportagem do CL esteve na Secretaria Municipal e entrevistou o Coordenador de Projetos Institucionais Anderson Francisco e o secretário de Assuntos Estratégicos e presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública, Direitos Humanos e Cidadania Marcelo Lessa.

“O vídeo monitoramento urbano é um projeto observado e está sendo implantado associado ao Centro de Operações de Nova Iguaçu (CONIG), Central de Monitoramento. Este projeto foi possível através de um convênio com o Ministério da Justiça, junto a Secretaria Nacional de Segurança Pública. Prevê a instalação de 76 câmeras de vídeo- monitoramento urbano que vão ser utilizadas no planejamento das políticas de Segurança Pública Municipal e prevenção a violência. O Centro de Operação vai ter representantes do município da área de ordem pública, trânsito, serviços públicos, além de representante da Policia Militar e integrado com a Policia Civil e Corpo de Bombeiros. É o Centro de Operações para ser utilizado no planejamento de políticas públicas municipais. Estará localizado na Avenida Roberto Silveira. A inauguração está prevista para o final do mês de março, em conjunto com sistema de vídeo- monitoramento urbano. São câmeras instaladas pelo centro de Nova Iguaçu. Até o final do mês de março já estarão em funcionamento”,comentou Anderson Francisco,Coordenador de Projetos Institucionais. Para o secretário de Assuntos Estratégicos esta é uma nova fase para a segurança da cidade de Nova Iguaçu. “É importante as pessoas entenderem que essas 76 câmeras instaladas é para a segurança pública. Além dos outros órgãos também estarão participando um assistente social e de educação para que possam  tomar atitude preventiva. Os órgãos de segurança pública precisam estar atuante. O mais importante é inibir a criminalidade. É um projeto de expansão e foram feito dois que atingem os bairros: Miguel Couto, Vila Operária,Corumbá, Jardim Nova América,Boa Esperança, Austin entre outros. Este projeto do Centro de Operações de Nova Iguaçu custou três milhões e meio reais. Seria interessante os vereadores buscarem os seus deputados para a realização do projeto. E aqueles que estiverem interessados devem procurar a Secretaria para montar os projetos. Segundo Lessa, Em 2013 eles ganharam 40 câmeras. “Temos mais 40 câmeras que ganhamos desde 2013. O Governo Federal ainda não disponibilizou. Assim que disponibilizar serão instaladas em unidades móveis de monitoramento. Estamos aguardando do Governo Federal o Termo de Doação. Incluindo essas 76 câmeras, algumas vão ser instaladas na Estrada de Madureira, próximo a UNIG. Em 2014, ganhamos um concurso de projetos do Ministério da Justiça. Fomos o 7º colocado neste projeto de “Oficinas Reflexivas”, a serem desenvolvidas visando a prevenção do uso de drogas. Fechamos o convênio e o recurso ainda não disponibilizamos. Mas foi pactuado. Quero ressaltar que o estacionamento da CONIG, será no Instituto Brasil. As instituições envolvidas incluem Corpo de Bombeiros, Secretaria de Trânsito e outros”,concluiu Marcelo Lessa,secretário de Assuntos Estratégicos.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 33 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83316
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.