Segurança Pública é tema de reunião entre prefeito e empresários

É tempo de mudanças e transformações para população Iguaçuana. A falta de segurança pública tem deixado os cidadãos assustados com a violência que vem se multiplicando a cada dia. As pessoas não conseguem sair de casa porque se sentem inseguras e com medo dos assaltos constantes nos bairros que moram. Para tentar amenizar este problema futuramente o município poderá ganhar uma unidade do Grupamento Aeromóvel (GAM) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. No dia 30 de maio, aconteceu o 1º Encontro de Desenvolvimento Econômico do município no teatro do Hotel Mont Blanc, realizado pela Associação Comercial e Industrial de Nova Iguaçu (ACINI), e contou com a presença do prefeito Rogério Lisboa que deseja trazer para a cidade o GAM e estuda a possibilidade do Grupamento funcionar no Aeroclube. A sede fica situada em Niterói e sua área de atuação é em todo Estado do Rio de Janeiro. O Grupamento Aeromóvel (GAM, antigo Grupamento Aéreo Marítimo)faz um trabalho especialmente aéreo, direcionado a radio patrulhamento aéreo, escoltas, transporte de tropa,apoio aéreo das tropas de outras unidades,salvamento e resgate aeromédico, apoio em calamidades públicas, salvamento em altura, na água, transporte de órgãos e coordenação aérea em calamidades, também combate aos crimes ambientais. Uma das preocupações do prefeito é a segurança pública, além do desenvolvimento da cidade e da economia. “Qualquer sociedade sem segurança você não consegue dá o segundo passo. Eu disse para o Penteado que temos que ter um projeto para segurança pública. Infelizmente o município vai ter que arcar com a segurança e então decidimos iniciar este trabalho de segurança pública que tem no Rio de Janeiro. Também pretendo investir cerca de R$ 2 milhões na criação da Guarda Municipal. Os agentes atuariam nas principais região da cidade, como Miguel Couto, Comendador Soares, Austin e o Centro de Nova Iguaçu”,disse o prefeito. Segundo ele, a partir de julho o secretário de Segurança Pública Coronel Penteado integrará a equipe que comandará a segurança da cidade de Nova Iguaçu. Um dos momentos importantes da reunião, além do debate da segurança pública, foi a mobilidade urbana e ordenamento público. Também foi discutido o desenvolvimento da economia. Com isso, foi criado o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Nova Iguaçu. Para o prefeito o diálogo e a parceria são um dos fatores importantes para resolver os problemas da cidade de Nova Iguaçu. “Nós defendemos a ideia do diálogo, temos empregado essa ideia em nossa gestão e essa parceria é mais um fruto disso. O setor empresariado é extremamente importante para Nova Iguaçu, e essa comunicação dará uma nova direção para o crescimento econômico da cidade”, comentou Rogério. O prefeito mostrou aos empresários como tem sido a sua gestão na cidade. Comentou o que vem fazendo nesses cinco meses de governo e fez questão de explicar sobre os próximos desafios para o crescimento e a segurança na cidade. Na reunião o prefeito Rogério Lisboa assinou um convênio com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (SEBRAE) para a participação do Projeto Cidade Empreendedora, que tem como objetivo modificar a situação atual de Nova Iguaçu,para a melhoria de negócios da cidade. No dia 21 de junho ocorreu a primeira reunião do Conselho às 14h na Associação Comercial e Industrial de Nova Iguaçu (ACINI).

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 97 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83425
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.