Palestra de Cláudio Ciani orienta estudantes para o mercado de trabalho no campo da medicina

Um palco para a realidade de uma profissão importante para a humanidade, a medicina. Que vem evoluindo com pesquisas e tratamentos e com ajuda da tecnologia grandes descobertas vem acontecendo nesta área. O estudo não fica apenas durante a faculdade, porém durante toda a jornada é importante a leitura, o conhecimento, e o amor pela medicina que têm que andar lado a lado com estes profissionais. Não basta apenas a graduação, esta profissão requer cada vez mais investimento na formação, especialização ou residência médica também dando continuidade para o mercado de trabalho caso queira ser bem sucedido é necessário investir em um curso de mestrado, doutorado ou até mesmo uma especialização no exterior.

A Associação Médica de Nova Iguaçu (AMNI), a Universidade Iguaçu (UNIG) e a UNIMED resolveram fazer parceria convidando os estudantes da Unig do 4º,6º e 7º período de medicina a participarem de uma aula informal cujo o título é Mercado de Trabalho para o Médico. A aula foi realizada na última terça-feira (12) às 16h20m, no auditório da Unimed, 1º andar na Rua Profa. Venina Côrrea Torres. Quem ministrou a aula foi Dr.Cláudio Riedel Ciani Marins, médico cardiologista e clínico geral. O convite foi feito pelo Dr. José Roberto Pinto Barbosa, médico ortopedista, professor titular da cadeira de medicina e diretor do curso da Unig e vice-presidente da Unimed que também esteve no local e participou. O objetivo desta aula para os estudantes além de abordar o Mercado de Trabalho para o Médico é importante ressaltar o desenvolvimento do profissional na medicina e na política. Mostrando como ingressar nesse setor e a importância do conhecimento médico para o político dos diversos poderes governamentais, como o médico pode atuar na política. “O objetivo é orientar os profissionais sobre o caminho que eles podem seguir. Entretanto, algumas aulas já foram apresentadas por outros profissionais que abordaram a medicina em instituições públicas e privadas, e medicina de grupo, e plano de saúde. Eu fui convidado por José Roberto para falar da atuação do médico na política. Já atuei na política como ex-secretário de Saúde e vereador em Nova Iguaçu. Uma das coisas importantes para vocês como estudantes de medicina: quanto mais você estuda mais sua hora rende. A grande atuação do médico na política é ser bom e ser honesto. Ao sair da faculdade é importante fazer uma especialização para dar continuidade à sua profissão. Eu exerço a minha profissão com amor. Não diferencie local de trabalho para atendimento do paciente. Para o consultório atenda o paciente do mesmo jeito tanto no consultório quanto no posto médico. Eu amo meu paciente. É um amor de ágape. Eles tem que ser tratados bem”,disse Cláudio Ciani. Segundo ele, a política foi uma experiência na vida  profissional médica. “Tentei fazer o possível como médico e político. Uma das coisas que eu me preocupava e conseguia resolver era o atendimento médico para aqueles pacientes. Durante este período eu criei o Programa Amigos da Balança e o Projeto Caminhar Faz Bem. Sempre orientando as pessoas sobre o cuidado com a saúde”,comentou Cláudio. Para ele uma das coisas importantes é a ética do profissional com o seu trabalho principalmente com laboratórios. “A relação do médico com o laboratório pode ser boa para ambos desde que haja ética.”,comentou Claúdio Ciani. Segundo o médico José Roberto, é importante gostar do trabalho que é escolhido. “O conselho que é bom: trabalhe naquilo que você gosta.”,concluiu José Roberto, médico ortopedista,professor de medicina da Unig.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 35 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 83364
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.