A Pipoca que virou tradição na cidade

Um sabor incomparável e um gostinho de quero mais. É assim que é conhecida a deliciosa pipoca da “Casa da Pipoca” de Nova Iguaçu. Durante todo o dia os clientes fazem questão de ficar nas filas para experimentar a tão saborosa e tradicional pipoca. As escolhas são de cada um: doce ou salgada, com bacon ou cobertura de leite condensado. A “Casa da Pipoca” funciona desde 1966, são 52 anos atendendo um público que a cada dia se surpreende com as deliciosas pipocas. “Aproximadamente, nós atendemos mais de 50%. Há 52 anos nós atendemos esse público. São clientes de todas as idades.

A procura é durante todos os dias. No inverno a procura é maior e no verão cai um pouco. Eu costumo dizer que é a vez do “sorveteiro”. O fundador foi meu pai, Ancelmo José da Silva. Em 2001 ele faleceu. Eu e meus irmãos começamos a trabalhar aqui com 10 anos, isto desde 1976. E estamos até hoje. Nossa pipoca é tradicional, sal e doce, e é assim que o público gosta. Trabalhamos com cinco funcionários. Nosso horário é das 7h30 até às 21h30 durante a semana. Aos domingos, das 14 às 19h”,disse Ancelmo Júnior. Segundo ele, o comércio é sazonal e durante o inverno o movimento cai. Alguns clientes que passam por ali não deixam de comprar a saborosa pipoca. “Todas as vezes que eu passo por aqui eu compro essa deliciosa pipoca porque é diferente das outras, principalmente na crocância da doce “,falou Mõnica Vieira (advogada). A “Casa da Pipoca” é transversal com o Calçadão da Av. Amaral Peixoto, em Nova Iguaçu.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 15 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 104721
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.