Poder de infecção do Coronavírus aumenta cuidados com a prevenção

Preocupação e incerteza têm deixado os brasileiros em alerta sobre o coronavírus. Algumas informações distorcidas sobre o vírus têm deixado às pessoas inseguras porque não sabem realmente se elas são verdadeiras ou não, principalmente as que são publicadas nas redes sociais. O famoso fake news. O momento tem sido agressivo para todos com a ‘infodemia’ que é a epidemia da desinformação sobre o coronavírus. Isso tem deixado a população com sentimento de impotência e dúvida por não saber o que fazer. O Covid-19, mais conhecido como coronavírus,chegou ao Brasil deixando todos em alerta. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o surgimento de um novo coronavírus ocorreu em 31 de dezembro de 2019, na China, em Wuhan, cidade chinesa com 11 milhões de habitantes.

O novo coronavírus recebeu o nome técnico de Covid-19. Milhares de pessoas morreram na China e o vírus se espalhou por cinco continentes. Além do coronavírus, temos o sarampo, a dengue, o zika vírus e a chikungunya, que se encontram na realidade da população e também têm que ser combatidos. Para entender melhor sobre o coronavírus a reportagem do CL esteve no consultório do Dr. Cláudio Ciani,médico cardiologista e clínico geral que nos deu uma entrevista sobre o coronavírus. “O vírus nada mais é do que um vírus da gripe piorado. Que gera gravidade dos sintomas de acordo com a imunidade do hospedeiro: portadores de doenças crônicas,diabetes,idosos,crianças,tabagistas e pode-se chegar o índice de mortalidade até 15%. Sendo que uma cirurgia cardíaca de peito aberto tem um índice de mortalidade de 0,3% cinqüenta vezes menor. Essa doença chega matar cinqüenta vezes mais”,disse Cláudio Ciani. Segundo ele, o Covid-19 possui como sintomas febre, tosse e dificuldade para respirar. “Principalmente por sintomas respiratórios, coriza, tosse, febre, dores no corpo e indisposição são o que inicia o processo. A higiene é um dos fatores que contribui para combater o Covid-19. Higiene é fundamental. Felizmente o nosso povo é um dos povos mais asseados no mundo”,comentou Cláudio Ciani.  A prevenção contra o coronavírus  começa com a higiene. “Lavar as mãos, o uso de toalhas de papel, álcool gel ou álcool 70,cobrir o nariz e a boca quando tossir e nem espirrar no rosto das pessoas, higienizar as mãos após tossir ou espirrar, abrir as janelas deixando o ambiente arejado,evitar aglomerações e ambientes fechados,não compartilhar objetos de uso pessoal como toalhas,talheres,copos etc.Evitar tocar em nariz, olhos e boca antes de higienizar as mãos”,falou Cláudio Ciani. O clima tropical ajuda e favorece a não disseminação do vírus. “Uma vantagem do Brasil é o clima tropical porque favorece e ajuda a não disseminação do vírus porque não tem uma boa adaptação ao ambiente quente. As infecções do coronavírus se propagam mais rápido, mas são menos graves que o H1N1”,concluiu Dr. Cláudio Ciani.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 12 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 193802
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.