Fenig promove café com a imprensa e apresenta projetos de relevância em prol do município

Trabalhos, projetos, realizações, crescimento e desenvolvimento para a cultura da população  iguaçuana. É assim a Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (FENIG), que desde 1976 vem desenvolvendo um olhar atento para tudo que se trata de educação e cultura para cidade de Nova Iguaçu. Na segunda-feira, dia 09 de fevereiro, foi realizado na sede da Fundação, o Café com a Imprensa. A reunião ocorreu às 10h da manhã.  O presidente Miguel Ribeiro, recepcionou os jornalistas da cidade e mostrou o balanço das atividades realizadas em 2020,ainda assim com toda crise sanitária conseguiram adequar toda a programação do ano passado para o virtual. A finalidade da reunião foi para informar sobre projetos e ações planejadas para esse ano de 2021 e o presidente ressaltou que a FENIG está de portas abertas para receber a imprensa. No local tem sido realizada criação de espaços de trabalhos e diversas atividades nas áreas de educação, cultura e social, integrando, valorizando e impulsionando principalmente àquelas pessoas que desenvolvem o artesanato e precisam gerar renda para o sustento da família. Com a criação do Programa Municipal de Artesanato, que é um dos destaques da Fenig.

São cinco feiras de artesanato: Praça Rui Barbosa, Praça Antônia Flores, Morro Agudo, que se encontra em atividade. Atualmente são 1.600 profissionais cadastrados no programa. Os artesãos cadastrados adquirem descontos de 5% até 30% em diversos estabelecimentos parceiros da Fundação para artesãos. A reportagem do CL esteve na FENIG e entrevistou o presidente Miguel Arcangelo Ribeiro e o superintendente Décio Lima que nos falou sobre as expectativas da instituição este ano de 2021. “Minha expectativa é superar esse momento difícil. Esse trabalho à distância ainda é embrionário porque muitas das nossas ações são presenciais. Tivemos que nos adequar no ano passado. Tínhamos uma programação pronta e precisamos colocar tudo virtual. Conseguimos atingir nossos objetivos, porém esperamos que esse ano possamos avançar.  Temos ações nas escolas para levar cultura para os bairros através das Unidades Regionais de Governo (URGs). Essas ações depende do sucesso da vacinação para que venhamos caminhar e obter o resultado do crescimento da cidade. Um dos objetivos da FENIG é abertura da ‘Casa do Artesão’ que fica localizada na entrada do Camelódromo, no centro, e está fechado há mais de 15 anos”, disse Miguel Ribeiro presidente da FENIG. Segundo Miguel, ao assumir a FENIG projetou às necessidades da cidade, fomento do trabalho e geração de renda, através do artesanato, incentivo às ações empreendedoras desses profissionais. “Contando com o apoio do prefeito Rogério Lisboa e em parceria com as secretarias dessa gestão, realizamos ações nas áreas de educação, cultura, assistência social, esportes e inovação, e todos os órgãos municipais integrados”, falou Miguel Ribeiro. O Ateliê Fenig é um espaço e uma troca de conhecimento entre artesãos com oficinas de técnicas e criação e aprendizado de exposição de seus produtos. Em 2019 foi inaugurado a Galeria de Artes Fenig com a exposição internacional “Ojú Olhos”, pelo fotógrafo Raimundo Santa Rosa, celebração do mês da Consciência Negra. Também exposições das pintoras Nicole, Cristiane Paula, Ane Alves e do pintor Jeremias Cristino. Uma das ações importantes da Fenig, é o Programa Municipal de Incentivo à Leitura e a Escrita, a equipe técnica elaborou o projeto “Livros para Voar”, são livros para didáticos, obras de ficção, biografias, poesias e são doados para circularem pela cidade. O empreendedorismo é um dos fatores importantes para Fenig. “Uma das propostas é a FENIG ser conhecida e com parcerias e a cidade precisa. Acredito que 2021 será um ano de empreendedorismo. Teremos artesanato virtual com lives, feiras e escolas do artesão. Estamos vendo a possibilidade como Centro da Escola de Artesanato que é um grande projeto para tentar viabilizar com artesanato, cultura e gastronomia. Colocar a FENIG dentro das escolas. Ajudar no lançamento de um livro no curso de EAD isso se encontra em nosso projeto. ”,concluiu o superintendente técnico da Fenig Décio Lima. Segundo Décio, a Casa do Artesão irá funcionar na entrada do Camelódromo no Centro e está fechado há mais de 15 anos. “O local é para receber os ambulantes da cidade, porém a obra não foi concluída, pois os proprietários questionaram na justiça. O local já pertence à Prefeitura. Ainda não há data para a abertura”, explicou Décio. No dia 22 de fevereiro começará o cadastramento dos artesãos e serão publicados os detalhes em breve.

 

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 2 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 257134
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.