Em busca dos seus objetivos

Realizadora, mas sempre buscando algo inovador em sua profissão, seus sonhos e conquistas caminham lado a lado dos seus objetivos, essa é Drª Ana Paula Barbi Leite, nascida no Rio de Janeiro, orgulhosa de ser carioca. Formada em Fisioterapia pela Faculdade de Reabilitação e Associação a Solidariedade a Criança Excepcional (FRASCE), mestrando em educação e saúde na Universidade Gama Filho.

Seu desejo de conquistar seu espaço não parou por aí, a determinação é uma das suas qualidades. Em entrevista ao site knoticiasonline, Ana Paula foi atenciosa e agradável. Aprovada pelo vestibular da UERJ, para nutrição, não sentiu desejo de prosseguir na área “Tentei medicina e não fui aprovada, então fui fazer fisioterapia, na época as pessoas não reconheciam este curso como profissão achavam que era simplesmente um curso de massagem, no primeiro dia de aula me deparei com um cadáver, fiquei meio receosa mas continuei. Foi a partir do 3º período que despertei e me apaixonei pela profissão.” Sua proposta na fisioterapia vai muito além, está sempre tentando mostrar que essa profissão é tão importante e necessária quanto as outras na área da medicina. Há vinte anos trabalhando como fisioterapeuta e com metas a serem cumpridas, a luta pelo reconhecimento da profissão é algo constante na carreira de Ana Paula “Eu vivi uma época em que somente o médico prescrevia, nós trabalhamos muito para hoje sermos reconhecidos. Nós fisioterapeutas depois de muitas batalhas conseguimos conquistar o nosso espaço, podemos fazer o diagnóstico e o médico diagnóstico clínico, eu tenho que saber a patologia em cima dela tenho que observar a incapacidade funcional que está trazendo o paciente.” Em sua profissão ela prioriza o cuidado e a atenção com os seus pacientes “Quero abranger cada vez mais na fisioterapia, não podemos parar no meio do caminho, temos que prosseguir. Depois de tantas conquistas uma delas é que estamos sendo respeitados pelos médicos e a tendência é evoluir. Temos profissionais pesquisadores e estamos buscando o melhor.” A satisfação e o desempenho de ver o trabalhado sendo realizado é o que faz dessa mulher ser esta profissional. Resolvemos então fazer algumas perguntas a Drª Ana Paula, sobre trabalho e projetos.

 

KNO – O que é fisioterapia?

Drª Ana Paula – É um conjunto de reabilitação motora, sensitiva e psicológica, levando o paciente ao bem estar. Tentando recuperar ao máximo a funcionalidade dele abrangendo-o em todos os sentidos.

 

KNO – Quem é o fisioterapeuta?

Drª Ana Paula – Ele é o profissional que está o tempo todo querendo mostrar as suas habilidades e seu desempenho com cuidado e atenção. Devido a nossa conquista de espaço, hoje temos a liberdade de fazer avaliação e identificar e reabilitar, a fisioterapia está cada vez mais ampla se preocupando com cada detalhe que é apresentado no paciente.

 

KNO – Como está sendo aceita a fisioterapia nos dias de hoje?

Drª Ana Paula – Bem melhor do que alguns anos atrás, o médico hoje encaminha e dá o diagnóstico clínico, já enfatiza ao paciente que é importante a fisioterapia. Vale ressaltar que devido a essas mudanças o piso salarial tem melhorado gradativamente.

 

KNO – O fisioterapeuta é um profissional reconhecido e qualificado?

Drª Ana Paula – Sim, depende sempre dele mesmo para que ele venha ser reconhecido, precisa estudar e pesquisar. É necessário que conheça um pouco de cada coisa dentro da área, temos sempre que nos capacitar para obter resultados positivos lá na frente.

 

KNO – Como as pessoas começaram a reconhecer a importância da fisioterapia na medicina?

Drª Ana Paula – Este reconhecimento vem acontecendo a cada dia, hoje o ortopedista encaminha para o RPG, sabendo que a partir dali o paciente terá uma qualidade de vida.

 

KNO – Há quanto tempo trabalha no Pronto Diagnose?

Drª Ana Paula – Há oito anos, fazemos um trabalho com reabilitação, traumatoortopédico e reumatológico do paciente conveniado com SUS. Sou responsável técnica do Conselho e Preceptora dos estagiários de fisioterapia do 6º, 7º e 8º período.

 

KNO – Qual a sua visão do ato médico?

Drª Ana Paula – Absurda, inconstitucional, imagine eles querem que fiquemos subalternos aos médicos. O Conselho de medicina quer criar essa lei, nós estamos lutando para que isso não aconteça.

 

KNO – Quais os seus planos para 2012?

Drª Ana Paula – Concluir meu mestrado, e depois lecionar. Estou coordenando um curso de aperfeiçoamento para fisioterapeutas que não tem na Baixada Fluminense, como RPG, pilates e acumpuntura.

 

Polícia Militar vem combatendo o tráfico de drogas

A polícia militar apreendeu no dia 8 de julho, na Rua Floresta Miranda, bairro do K11, Nova Iguaçu três elementos que portavam 260 sacolés de cocaínas, 45 pedras de crack, 215 sacolés de maconha. Os elementos foram conduzidos a DP e foram autuados no art.33 da Lei 11343/06 permanecendo presos.

Granada é encontrada no bairro do Paiol

Policiais encontraram na manhã do dia 8 de julho, uma granada na Rua Capitão Alfredo Antunes, bairro do Paiol, Nilópolis. Uma guarnição esteve no local e observou que a granada estava com pino e alça. Devido ao grande fluxo de pessoas que passavam por ali, para a segurança das pessoas a granada foi encaminhada ao 57º DP onde foi apreendido.

Segurança para Nova Iguaçu

O 20º Batalhão da Polícia Militar de Mesquita está fazendo um trabalho de qualidade na segurança dos bairros de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis. O Tenente Coronel Dantas tem atuado com a sua equipe de policiais na segurança da população. Vem ocorrendo repreensão de bailes funk irregulares no interior de comunidades, a exemplo Buraco do Boi.

Repórteres exercem dupla função

O Sindicato dos Jornalistas do Município e o Sindicato dos Radialistas do Estado neste mês de maio informou ao Ministério do Trabalho sobre o acúmulo de função de repórteres cinematográficos, que são pressionados a trabalhar como auxiliares de câmera, conforme denúncia da Comissão de Empregados. A Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto (Acerp) – fornecedora de conteúdo para a TV Brasil – e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) serão convocadas para mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho. Esta é a segunda vez que a Acerp é denunciada ao Ministério do Trabalho pelo Sindicato dos Jornalistas em menos de dois anos.

Direitos da Mulher completa um ano

Nilópolis comemorou no dia 27 de agosto com as superintendências municipais dos Direitos da Mulher e da Promoção de Igualdade Racial, o aniversário de um ano da Posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a entrega de certificados do curso Negras Criativas.

Palestra sobre deficiente visual no MAB de Nova Iguaçu

No dia 27 de setembro às 14hs, o MAB estará realizando uma reunião para pessoas com deficiência visual. O palestrante é Alexandre do Sindicato de Deficiente Visual do Rio de Janeiro.

Quem está online
Nós temos 3 visitantes online
Contador de Acessos
Visualizações de Conteúdo : 257150
Clima Tempo

Empresas de rádio e TV recusam negociar salário digno para jornalistas

Os representantes das empresas de rádio e TV não apresentaram nenhuma solução na última rodada da campanha salarial, realizada na sexta-feira (06/06). Foram mantidas as cláusulas da proposta anterior,consideradas insuficientes pela categoria,que rejeitou em assembléia.